SUBTERRÂNEO

Vou andando com o pé no magma,
Vou andando de olhos fechados
E sentidos [extintos abertos]
Porta com uma volta só de chave,
Tentando se proteger,
Porém, com o desejo de liberdade,
com o desejo de crer.
Mão na fechadura
Na expectativa do correr...
Para águas tranquilas.
para o bucólico que há em você.
Mas, estou na terra dura,
Sol quente qual escalda o meu ser.
Volto a realidade ...
Mão na fechadura na espectava de correr.

0 comentários: