AO RIO DE JANEIRO






BARULHOS NO CHÃO,
EU ESTOU TENDO UMA VISÃO.
QUE MUITOS LÁ NO SUL ENTERRADOS VIVOS ESTÃO.
CAIXÃO QUILOMÉTRICO.
CASAS EM DETERIORIZAÇÃO,

A TERRA ROLOU E UM SUSPIRO LÁ NO FUNDO SAIU.
E ESCAVANDO COM SUAS PRÓPRIAS MÃOS ELES ESTÃO.
FORMANDO TUMBAS AO SERENO.
E O POBRE MAIS UMA VEZ É CULPADO
[E CRIMINALIZADO ELES SÃO]
E O ESTADO A SÉCULOS TEM INSENÇÃO.