ENUNCIAÇÃO


Ando pela cidade que brilha
Com suas estrelas-lâmpada.
Ando pela cidade barulhenta
Leio a cidade
Interpreto a cidade
Vejo vários personagens
Personagem mendigo
Personagem luxo
Personagem lixo
Tantas vidas.
Da mesma forma que eu.
Vida egoísta.
Que tenta buscar de forma autônoma
Só o melhor para si.
Tenho inveja das iniciativas dos sub-lideres.
Que atuam em sua comunidade.
Enquanto isso na cidade...
Bala perdida, violência que sorri,
O susto na esquina.

1 comentários:



George disse...

Todos temos um líder dentro de nós. Se fossemos educados a liderar e a saber liderar para o bem... Estariamos com certeza em uma cidade, um estado, uma região, um país, um mundo melhor.

Bela Poesia.

Parabéns