FIO DE ELETRICIDADE



Eu ando na rua vazia.
Não tem ninguém.
Procuro você...
Procuro você como neblina que espera pelo dia.
Pela luz do amanhecer.
Lá fora escuto apenas os cachorros latir.
As motos passeando para lá e para cá.
E algum bicho que não sei o nome zunindo.
E eu aqui, nessa rua vazia procurando você.
Você que espero tocar-me...
Tocar com seus lábios no meu coração.
No meu corpo.
E ardentemente me tirar da escuridão.
E me mostrar um fio de luz.
Um fio de alegria.
Um fio de escape.
Um fio de eletricidade.
Que equilibre meu coração.
Pois hoje, apenas, sou sequidão.
Hoje, apenas sou escuridão.
Sou amargura.
Sou fechada.
Hoje sou cara emburrada.
Mas quero te encontrar.
Para você me tocar lá no fundo.
Me tocar por dentro.
E me levar às nuvens.
E compartilhar com você um sorriso de
cumplicidade,
Um sorriso de desejo,
Um sorriso de amizade,
Um sorriso de amor.

0 comentários: