BANCO VELHO





Me ajude a catar os pedaços.
Me ajude a desamarrar esse laço.
Tire esse aperto do meu coração.
Seja meu herói.
Meu libertador, pois me sinto encarcerada em uma prisão.
Quero saber como é um dia ensolarado.
Quero ter a sensação de caminhar lado a lado.
Quero que o sol entre por esse quadrante.
Enquanto isso, estou aqui sentada em um banco velho
em um canto qualquer.

0 comentários: