TRANSFORMAÇÃO


Por que minto para mim?

Gostaria de expressar,

Tudo que tenho para falar.

Falar o quanto choro por dentro.

Falar o quanto o mundo é injusto.

Falar o quanto que te desejai.

Falar o quanto que eu estava vulnerável

E que em um só golpe teu

Eu cairia aos teus pés.

Mas, você não se aproveitou de mim.

Deixou-me recuperar as forças.

Deixou-me recuperar a consciência.

Deixou-me ser racional.

E hoje...

Tenho dúvidas.

E hoje te questiono.

E hoje enxergo que você não é tão forte assim.

E como você não olhou para mim.

E como não me golpeou.

Hoje te ignoro.

Hoje te questiono

E agora posso te ferir.

0 comentários: