DOM DE POETA


Eu sou um poço de emoções.

Quanto mais me aprofundo,

Mais transbordo.

Tudo em mim é palpável.

Minhas emoções ficam a flor da pele.

Pele que se aquenta com a voz que sai do fundo

de meu ser.

Que voz é essa meus senhores?

É a voz da inspiração.

É a voz do dom,

Que o próprio Deus me deu.

Essa voz que arde em meu interior

Evidenciando em meu exterior.

Queimando-me por dentro.

Trazendo-me temor.

Essa inspiração não se deve as musas,

Mas a um muso inspirador.

Que encheu o meu poço.

Que o faz transbordar.

1 comentários:



edimilson disse...

é o que você escreve com sentimentos é muito lindo muito obrigado por motiva essa inspiração em mim