AMOR VIRTUAL


Quero encontrar um amor verdadeiro.

Deixar de tantos devaneios.

Ilusões tecnológicas, internéticas...

Visões três-d,

Vai saber o que se passa!

Que está por trás da máscara.

Uma realidade virtual,

Falsa,

E superficial.

Desejo algo palpável.

Que eu veja todo dia.

Que seja meu por inteiro.

Que para mim entregue um sorriso quente de alegria.

Que me toque,

E ao pé do ouvido me faça uma

declaração de amor.

1 comentários:



‹◦○§Sinĕ Φuibμs Иoη●º•º disse...

Saudações nobre Profa. Déia!

Muitíssimo obrigado pela sua visita ao meu singelo Blog. Ainda me presenteou com o primeiro comentário. Enviarei para seu e-mail informações de como apimentar seu blog, O.k?

PS: Ah, Adorei o poema acima!


Ósculos e Amplexos!