DECOMPOSIÇÃO


Tenho um cadáver em mim.

O nome dele é sentimento.

Em decomposição por dentro.

Mas esse defunto.

Transformar-se-á em pó.

E enfim, só sobrará...

Brisa.

0 comentários: