MEU CÃO



Tão lindo.

Tão leve.

Tão inocente.

Tão feroz.

Tão indolente.

Sábio tu és.

Bailava.

Acarinhava.

Zangava-nos.

Sofria.

Como saber-se-ia.

Que haveria de findar?

Meu amigo alarmante.

Sentinela constante.

Na minha casta haverá de ser ponto final?

Não posso prever.

Mas, sei que como você não vai ter igual.

Amei-te.

Sacrifiquei-te

Sei que com esta não vou me redimir.

Mas, você foi importante.

E o terei sempre na lembrança.

0 comentários: